Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
23 de Junho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

“Festa dos DJs” vai reunir grandes nomes e estilos no Porto Geral de Corumbá

Ricardo Albertoni em 25 de Maio de 2018

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Guto Loureiro é uma das atrações da Festa dos Djs

Nesta sexta-feira, 25 de maio, a partir das 23h59, o público vai poder conferir apresentação de DJs em Corumbá. A atração, inédita na programação do Festival América do Sul Pantanal que está em sua 14ª edição, vai acontecer no Palco Rio Paraguai, no Porto Geral. Lá, o público vai poder assistir performances dos profissionais das pistas que levarão ao palco uma mescla de estilos durante suas apresentações.

A “Festa dos DJs”, evento exclusivamente voltado para apresentações dos profissionais para o público e não somente acompanhando outros artistas, vai contar ao todo com cinco nomes importantes do cenário regional e nacional. São eles: DJ Florzinha (Funk); DJ Guto Loureiro (House Music);  DJ Chico Corrêa (Dance / Eletronic / Brasilidades); Toulouse 84 (Dope Club / House – Techno) e DJ César Varanis (House Deep / Techno House). Entre eles, estão os corumbaenses Florzinha, Guto Loureiro e César Varanis. Além das apresentações, o evento também vai ter intervenções artísticas.

Ao Diário Corumbaense, o DJ Guto Loureiro, que atua há mais de 20 anos na área, explicou que o convite da produção do festival aconteceu após indicação do diretor-presidente da Fundação, Joilson da Silva Cruz. Sobre a combinação de nomes de artistas com estilos diferentes, Loureiro avaliou como algo que irá enriquecer o evento, tornando-o mais atrativo para o público em geral que se divide em determinadas preferências, mas terá a oportunidade de acompanhar todos os artistas.

“As apresentações terão algo em torno de 40 minutos para cada um. É um tempo curto, mas suficiente para que cada um mostre o seu trabalho. O estilo de todos os profissionais é diferente e eu gostei muito da line-up porque são DJs com pegadas distintas. Tem DJ de funk, exclusivamente de música eletrônica, tem o que faz a música eletrônica e eu que faço uma mistura de tudo. Um acaba complementando o outro e no final ganha o público”, enfatizou Loureiro.

Sobre o que deve levar ao palco, Guto adiantou que está preparando uma performance que "converse" com a proposta do festival que é a de unir as culturas sul-americanas. Segundo o DJ, os apreciadores da música eletrônica e do que existe de melhor da arte nos países do continente devem se surpreender com o som.

Divulgação

DJ trabalha há mais de vinte anos na área e promete repertório variado para hoje

“Pretendo trazer algo que tenha os traços dos países sul-americanos. Vai ter música brasileira, colombiana, boliviana, argentina. Estou preparando um negócio bem legal, na minha pegada que é a música eletrônica. Então, teremos versões eletrônicas de músicas conhecidas nesses países. É um gostinho de tudo isso. O que eu quero é que o povo venha ver e além dos shows, tem muita coisa boa. As oficinas de dança, os especiais, os cinemas. Se o pessoal pudesse se programar para assistir o máximo de atividades possível, será ótimo”, finalizou.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE