Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
22 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Secretaria de Educação abre cadastro para assistente de alfabetização

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 08 de Maio de 2018

A Prefeitura Municipal de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Educação, torna público o cadastro para constituição do banco de Assistentes de Alfabetização Voluntários para o Programa Mais Alfabetização, instituído pela Portaria/MEC n. 142, de 22 de fevereiro de 2018, e Resolução/MEC n. 7, de 22 de março de 2018.

O Programa Mais Alfabetização tem o objetivo de fortalecer e apoiar as unidades escolares no processo de alfabetização, para fins de leitura, escrita e matemática, dos estudantes matriculados no 1º e no 2º ano do Ensino Fundamental.

O cadastro destina-se a formar o banco de Assistentes de Alfabetização Voluntários do Programa Mais Alfabetização, no âmbito da Rede Municipal de Ensino, a serem lotados, segundo a necessidade, nas escolas públicas urbanas e do campo que aderiram ao Programa supracitado. Poderão cadastrar-se os candidatos com o seguinte perfil:

1- Professores alfabetizadores habilitados em Pedagogia ou Normal Superior, com disponibilidade de horário;

2- Acadêmicos de graduação em Pedagogia e Normal Superior;

3- Profissionais com curso de Magistério ou Normal Médio;

4- Estudantes de curso Normal Médio, desde que concluído o Ensino Médio.

A inscrição online poderá ser realizada, no site da Prefeitura no Campo Reme no período das 08 horas do dia 08 de maio às 17h do dia 10 de maio de 2018.

Segundo a Coordenadora do Programa Mais Alfabetização Ana Zilda Rodrigues de Souza, “o assistente de alfabetização apoiará o professor alfabetizador nas Unidades Escolares vulneráveis, considerando os critérios estabelecidos pelo Programa. O programa pretende contribuir para a prevenção do abandono, da reprovação, da distorção idade/ano escolar, mediante a intensificação de ações pedagógicas voltadas ao apoio e fortalecimento do processo de alfabetização”.

A subsecretaria de Educação, Maria do Carmo Provenzano Arruda Brum, afirmou que esse programa federal “tentará reverter o quadro quanto ao desempenho dos estudantes revelado na Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) de 2016, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), garantindo, assim, o direito de aprendizagem de todos os alunos matriculados nessa etapa. Assim, a implementação do Programa Mais Alfabetização acrescentará benefícios e significância ao processo de alfabetização e letramento em nosso município”.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE