Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
25 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Bandeira amarela: maio começa com energia mais cara

Terra Notícias em 01 de Maio de 2018

O mês de maio começou com uma notícia ruim para quem pensa em economizar na conta de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) que é o órgão governamental regulador de produção, transmissão e comercialização de energia elétrica no país, informou que passará para a bandeira amarela.

Há quatro meses que não tínhamos alteração de bandeira, estamos desde o mês de janeiro na bandeira verde, em que não há cobrança adicional para o consumo de kilowatt hora (kWh). Com essa alteração, a cada 100 kWh consumidos, o brasileiro terá um acréscimo de R$ 1,00.

A justificativa da ANEEL para a alteração da bandeira tarifária é de que a partir de agora entraremos no período seco, ou seja, o volume de chuva sobre as principais geradoras do país passa a diminuir gradativamente, fazendo com que o uso das termelétricas seja necessário para manter a distribuição nacional de energia.

O mês de maio não traz notícias tão boas para os reservatórios. A tendência gradativa é de que tenhamos chuva dentro da média, ou levemente abaixo da média, durante o mês. Como o normal de chuva sobre as áreas dos reservatórios é bem menor em relação ao verão, a expectativa é de que a cobrança extra possa ser mantida até o reinício da estação chuvosa no final de setembro. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE