Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
25 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Afunilando a disputa política para outubro

Da Redação em 24 de Abril de 2018

Desistências

Alguns nomes que apareceram como pré-candidatos a deputado estadual e federal já não fazem mais parte da lista. Ao que parece, o pleito este ano poderá ter menos candidatos de Corumbá do que em anos anteriores. Isso é bom para a cidade que amplia suas chances de fazer representantes na Assembleia e Câmara Federal. 

Na Câmara Municipal

A primeira desistência foi do vereador Gabriel Alves de Oliveira (MDB), que era um nome para deputado federal. Já os vereadores Domingos Albaneze (PV), Manoel Rodrigues  (PRB) e Luciano Costa (PT), também teriam desistido de se candidatar a deputado estadual. Restam ainda Irailton Santana, o Baianinho (PSDB) e Tadeu Vieira (PDT). 

Estrutura

A estrutura para a campanha é que pode estar tirando a “vontade” de muitos postularem um cargo legislativo em Campo Grande e Brasília. Com a fiscalização em cima e com muitos políticos sendo punidos por Caixa 2 de campanha, a verba ficou curtinha e vai faltar até mesmo para as viagens que têm que ser feitas a outras cidades. 

Mesmo assim

Alguns nomes resistem e outros ficam na berlinda. O próprio presidente da Câmara, Evander Vendramini (PP), afirma que os nomes de Beatriz Cavassa de Oliveira (PSDB) e Paulo Duarte (MDB), são os mais fortes. Mesmo assim defende a candidatura de Domingos Albaneze que estaria se retirando por problemas familiares e confia que o médico possa rever a decisão. 

Apesar disso

Ele próprio, Evander, admite que pode ser candidato se o nome dele for consenso dentro do pacto político e se houver estrutura para campanha. 

Detalhe

Corumbá e Ladário juntas têm capacidade para eleger até dois deputados estaduais. Um dos maiores problemas é que 30% dos votos da região vão para candidatos de fora da cidade, ou seja, são os pantaneiros delegando poderes ao pessoal do planalto para cuidar de suas cidades. 

Sem contar

Com aqueles candidatos que só entram para atrapalhar. Dois ou três não passam dos quatro mil votos e a maioria não chega nem a mil. Porém, na soma geral, são números valiosos que poderiam ajudar a eleger deputados para Corumbá.

Sumiço

Quem anda meio apagado neste período pré-eleitoral é Elano Holanda. Ele já disputou eleições para praticamente todos os cargos eletivos, mas este ano ainda não divulgou se irá concorrer a algum deles. Além de Elano, Buxexa Amaral e Anísio Guató, são outros nomes que podem aparecer como candidatos a deputado estadual.

 

* Detalhe é uma coluna de opinião do Diário Corumbaense que aborda os mais variados assuntos. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE