Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
14 de Agosto de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Brasileiros em risco: veja como está a luta pelas oitavas na Libertadores

LANCE!/Terra Esportes em 20 de Abril de 2018

A fase de grupos da Copa Libertadores chegou à metade, com o término do primeiro turno em todos os oito grupos. A melhor equipe da competição no momento é o Libertad (PAR), único clube com 100% de aproveitamento: nove pontos, com a classificação praticamente assegurada no Grupo 3. O melhor ataque é o do Racing (ARG), que enfiou quatro gols no Vasco e outros quatro no Cruzeiro, em Avellaneda. A melhor defesa é brasileira: o Corinthians é o único clube que não foi vazado na fase de grupos (um gol legal do Independiente-ARG foi anulado no fim da partida da última quarta, na Argentina). Corinthians, Flamengo, Santos e Palmeiras são os brasileiros que lideram suas chaves.

Os dois melhores de cada grupo avançam às oitavas de final da Libertadores, que terá confrontos sorteados (primeiros x segundos) e será disputada depois da Copa do Mundo, e agosto. Confira como estão as chaves na Copa:

Grupo 1

O Cerro Porteño (PAR) é o líder da chave, com sete pontos. O Grêmio, com cinco, em segundo, empatou fora de casa com os paraguaios na última terça: 0 a 0. O atual campeão da Libertadores agora faz dois jogos em casa no returno, contra o próprio Cerro e diante do Defensor (URU), que tem quatro pontos. O Grêmio ainda visitará o Monagas (VEN), pior time da Copa, sem nenhum ponto.

Grupo 2

O grupo sem brasileiros tem o Atlético Nacional (COL) na liderança, com seis pontos, seguido do Bolívar (BOL), com cinco, e do Delfín (ECU), com quatro. O Colo-Colo (CHI) é a decepção da chave, com apenas um ponto. Os líderes colombianos agora fazem dois jogos em casa, contra bolivianos e chilenos.

Grupo 3

Outra chave sem equipes do Brasil. É nela que o Libertad (PAR) sobra, com vitórias contra Penãrol (URU), Atlético Tucumán (ARG) e The Strongest (BOL). Cada um dos concorrentes dos paraguaios têm três pontos. O Libertad agora faz dois jogos fora de casa, contra uruguaios e bolivianos.

Grupo 4

Apesar dos dois empates em casa no turno, o Flamengo lidera a chave, embolada, com cinco pontos, mesma pontuação do River Plate (ARG). A questão é que agora o Fla joga duas vezes fora, contra Santa Fe (COL), com três pontos, e River, na última rodada da chave. O Emelec (ECU), batido em casa para a equipe brasileira, tem um ponto. O Rubro-Negro já vai à Colômbia na próxima quarta-feira.

Grupo 5

Cruzeiro e Vasco são os únicos brasileiros que não venceram na fase de grupos e estão em situação delicada, fora da zona de classificação. Os cariocas têm apenas um ponto (e menos cinco gols de saldo) e não podem mais pensar em tropeço, a começar pelo duelo de quinta, contra o líder Racing (ARG), em São Januário. A Raposa tem dois pontos: o alento é que não sai mais do Brasil no returno: recebe argentinos e Universidad de Chile, já na semana que vem, e vai ao Rio pegar o Vasco. Racing tem sete pontos, à frente da "La U", com cinco.

Grupo 6

Com vitórias contra Nacional (URU), em casa, e Estudiantes (ARG), fora, o Santos lidera a chave com seis pontos - Peixe só perdeu na estreia, para o Real Garcilaso (PER), na altitude de 3.400m de Cusco. O Alvinegro irá receber argentinos, já na próxima terça-feira, e peruanos no returno para garantir a classificação. A situação do Alvinegro é confortável.

Grupo 7

Com a melhor defesa da Libertadores, o Corinthians ainda não foi vazado e ficou em situação confortável após vencer o Independiente (ARG), na Argentina. O Timão lidera, com sete pontos, e agora joga duas vezes em casa, diante dos mesmos argentinos (três pontos) e contra o Millonarios (COL), quatro pontos, na última rodada. A equipe ainda irá para a Venezuela pegar o Deportivo Lara (VEN), lanterna da chave.

Grupo 8

O Palmeiras lidera com sete pontos e agora terá dois jogos seguidos fora de casa, contra Boca Juniors (ARG), já na quarta-feira, e Alianza Lima (PER). O Verdão está dois pontos à frente dos argentinos. O Júnior Barranquilla (COL), agora com três, venceu a primeira na chave na última quinta, no Peru, por 2 a 0, e voltou para a briga, já que agora vai receber o Alianza na Colômbia. Os peruanos são os lanternas da chave, com apenas um ponto.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE