Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
22 de Abril de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Fonplata: parceria em execução de obras segue cronograma previsto em Corumbá

Da Redação em 11 de Abril de 2018

Renê Marcio Carneiro/PMC

Visita começou pelo Padre Ernesto, onde obras do Governo do Estado já iniciaram

Durante toda a manhã desta quarta-feira, 11 de abril, os representantes do Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), Oscar Carvallo e Brando Ponti, percorreram diversas regiões da cidade que vão receber investimentos de US$ 80 milhões nos próximos anos.

São US$ 40 milhões do Fonplata emprestados ao Município e mais US$ 40 milhões em ações asseguradas pelo governador Reinaldo Azambuja, por meio do Pacto por Corumbá. “Fizemos uma visita técnica juntamente com o prefeito e secretários e vimos que o financiamento Fonplata vai complementar bem os recursos federais, estaduais e municipais e vai melhorar a vida da população”, afirmou Carvallo, o responsável do Fonplata para os projetos de Corumbá.

“Ficamos muito satisfeitos com o que vimos e conversamos. Corumbá é um projeto modelo para nós do Fonplata”, concluiu Oscar. Durante a visita técnica, o prefeito Marcelo Iunes destacou a inclusão da drenagem e pavimentação do conjunto Tiradentes no cronograma de obras.

“Fomos aos conjuntos Padre Ernesto, Vitória Régia e ao conjunto Tiradentes, que inicialmente não estava incluído no Fonplata, mas agora passa a fazer parte desse grande projeto também”, detalhou o chefe do Executivo municipal.

“Essa visita técnica é para mostrar onde vamos aplicar os valores do Fundo e para liberar as ordens de licitação e serviço, no máximo até o final de maio. São várias obras que vão movimentar e transformar a cidade. Nós temos que verificar as obras de contrapartida para já dar prosseguindo no Fonplata”, completou Marcelo Iunes.

O planejamento da Prefeitura é de que todas essas intervenções tenham início dentro do primeiro semestre de 2018. “São obras que estão dentro do planejamento para que se iniciem o mais rápido possível. Temos ordens de licitação e ordens de serviço para serem realizadas em breve, até maio, já vamos ver mais movimentação do Fonplata dentro de Corumbá”, reforçou o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Ricardo Ametlla.

O secretário municipal de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, também participou da visita técnica.

Os recursos

Com o empréstimo, será possível o financiamento de soluções para demandas urgentes associadas a deficiências de infraestrutura urbana e socioambiental. Serão ações voltadas para o desenvolvimento de áreas de recreação e descanso, infraestrutura de vias e drenagem, recuperação do patrimônio histórico, fomento do turismo e moradia para famílias que vivem em áreas de risco.

São cinco anos para execução total do projeto. Corumbá terá cinco anos de carência para iniciar o pagamento do financiamento, que deve ser quitado num período de 13 anos. Ao todo, o Município terá 18 anos para pagar o empréstimo de US$ 40 milhões contraído com o Fonplata. As informações são da assessoria de comunicação da PMC.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE