Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
22 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Projeto de Bases Comunitárias é apresentado na Secretaria Nacional de Segurança Pública

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 13 de Março de 2018

Divulgação

Prefeito apresentou projetos com ações integradas na área de segurança pública

A Prefeitura de Corumbá apresentou à Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) projetos para instalação de três Bases Comunitárias na cidade. “Estas bases serão criadas no distrito de Albuquerque e nos bairros Cervejaria e Padre Ernesto Sassida. Hoje, esses são os grandes gargalos na área de segurança em nosso município”, informou o secretário Especial de Segurança Pública e Defesa Social, tenente-coronel da Polícia Militar César Freitas Duarte. Apresentado em Brasília pelo prefeito Marcelo Iunes, a iniciativa prevê a integração de diversos órgãos ligados à segurança pública.

“Buscamos formalizar parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) para atendermos, em cada Base, 80 crianças em situação de vulnerabilidade através do projeto ‘Guarda Mirim’. A UFMS nos cederia os alunos dos cursos de graduação e pós-graduação para trabalho no contra turno da escola regular dessas crianças, com aulas de reforço. Teríamos ainda um guarda para trabalhar questões relacionadas a Civismo e Cidadania. Dentro da Base também teríamos uma Patrulha Maria da Penha. No bairro Cervejaria uma base ambiental em parceria com a Fundação de Meio Ambiente do Pantanal para trabalhar conscientização e educação ambiental; além de dar suporte à fiscalização no âmbito municipal. Contemplaríamos a Guarda Mirim, Guarda Ambiental, Patrulha Maria da Penha tudo na mesma base. Vamos propor um acordo com a Polícia Militar para que tenhamos, em cada Base Comunitária, 10 policiais militares para ações do PROERD, que é a maior ferramenta de prevenção ao uso de drogas. A Guarda Municipal manteria equipes da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) para a proteção daquele prédio público”, explicou o secretário.

Ainda em Brasília, houve reunião com o secretário Nacional de Segurança Pública, Carlos Alberto dos Santos Cruz. No encontro foram discutidas situações referentes à violência e acesso às drogas, que por conta da localização fronteiriça de Corumbá, “fomenta uma série de outros crimes, como roubos e furtos, que afligem a sociedade corumbaense”, observou Freitas.

Na reunião com a Senasp ainda foram tratados assuntos ligados ao serviço de Inteligência; efetivo das forças federais na fronteira na região de Corumbá; realização de ações integradas e linhas de financiamento para a área de Segurança Pública.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE