Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
18 de Junho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Douglas Ricardo não comanda mais o Corumbaense; "dever cumprido", diz treinador

Ricardo Albertoni em 04 de Março de 2018

Anderson Gallo/Arquivo Diário Corumbaense

Douglas comandou o time por duas temporadas

Douglas Ricardo, que comandou a equipe de 2017 do “Carijó da Avenida” rumo ao título do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol, 33 anos depois da primeira conquista, não é mais treinador do Corumbaense. A decisão foi anunciada pelo clube no início da tarde deste domingo, 04 de março, um dia após a derrota em casa, de virada, para o Águia Negra, pelo placar de 2 a 1, em jogo válido pela décima rodada do estadual.

Em comunicado, o clube agradece ao profissional pelos serviços prestados, destaca o título conquistado por ele no comando da equipe do ano passado e deseja sorte em sua carreira profissional. Também informa que as partes decidiram em comum acordo pela rescisão, após reunião realizada na manhã deste domingo.

O Corumbaense informou que estuda alguns nomes para o comando da equipe. O auxiliar-técnico Osvaldo Júnior vai comandar os trabalhos até que o nome do novo treinador seja confirmado para o restante da temporada. Além do último jogo da primeira fase contra o Urso, na quarta-feira (07) e a fase de mata-mata da competição estadual, a equipe vai disputar a partir de abril o Campeonato Brasileiro da Série D.

Ao Diário Corumbaense, Douglas Ricardo disse que era o momento de sair. Ele agradeceu o tratamento que recebeu na cidade, tanto da imprensa, quanto da diretoria do clube e da torcida e afirmou que deixa a equipe com a sensação de dever cumprido.

“Agradeço pelo apoio que sempre tive, da imprensa, dos torcedores e principalmente da diretoria na pessoa do presidente Luis Bosco Delgado, mas acredito que era o momento. Fiz minha história aqui, juntamente com os outros profissionais da comissão técnica e conseguimos o título – em 2017 –  e passar de fase na Copa do Brasil. Demos o nosso melhor, demos lucro para o clube, acho que foi R$ 1,1 milhão. Afirmo que fui feliz enquanto estive aqui. Saio com a sensação de dever cumprido, pois sempre dei o meu melhor”, disse o treinador contando que a diretoria ainda tentou demovê-lo da decisão.

Retrospecto

Douglas Ricardo dirigiu o time em 20 partidas durante as duas temporadas que esteve à frente do Corumbaense. Foram 10 vitórias, 4 empates e 6 derrotas (56,6% de aproveitamento). Em 2018, o time avançou para a primeira fase da Copa Verde após eliminar o Ceilândia na fase preliminar. Na Copa do Brasil, o “Alvinegro Pantaneiro” chegou até a segunda fase, depois de despachar o ASA de Alagoas. O time foi eliminado pelo Vitória, em Salvador. Atualmente, o Corumbaense que já está classificado para as quartas de final do Campeonato Estadual, ocupa a terceira posição no Grupo B com 10 pontos. O Águia Negra fechou a primeira fase como líder do Grupo B, com 18 pontos. 

 

Saiba mais

27/03/2018 De olho na arbitragem, Corumbaense faz segundo jogo da semifinal amanhã contra o Novo

25/03/2018 Operário vence o Sete e é o primeiro finalista do Estadual 2018

23/03/2018 Com pênalti duvidoso, Novo consegue empate contra o Corumbaense no Morenão

20/03/2018 Técnico do Corumbaense aposta em “plano de jogo” e “maturidade” na semifinal

19/03/2018 Novo surpreende, elimina invicto Águia Negra e reedita última final contra Corumbaense na semi

16/03/2018 Operário se classifica nos acréscimos, Sete vence fora de casa; Águia e Novo empatam

15/03/2018 Costa Rica recorre de decisão após ser excluído do Estadual

14/03/2018 Corumbaense segura o empate e é o primeiro classificado para a semifinal do Estadual

14/03/2018 Na busca pela quarta semifinal consecutiva, Corumbaense enfrenta Comercial esta noite

11/03/2018 Jogadores e técnico lamentam gols perdidos, mas estão confiantes no próximo jogo

11/03/2018 Corumbaense e Comercial ficam no empate no primeiro confronto do mata-mata

10/03/2018 No mata-mata, Corumbaense tem chance de devolver ao Comercial eliminação em 2016

08/03/2018 FFMS confirma Corumbaense e Comercial no domingo às 16h, no Arthur Marinho

08/03/2018 Corumbaense goleia Urso e leva vantagem no confronto contra o Comercial nas quartas de final

07/03/2018 Com novo técnico, Corumbaense enfrenta o Urso esta noite no Arthur Marinho

06/03/2018 Mudança de mentalidade e equilíbrio da defesa são primeiras missões de Gianni Freitas

05/03/2018 Corumbaense anuncia novo técnico; Gianni Freitas já comanda o time contra o Urso

03/03/2018 Corumbaense perde de virada para o Águia Negra e torcida protesta no Arthur Marinho

Ações e Compartilhamento
Comentários:

ADEMILSON BAPTISTA DA SILVA: Sugiro que os dirigentes do Corumbaense Futebol Clube contratem BAZILIO AMARAL ex Novo Operário, Ex Sete de Dourados e Ex Mixto de Mato Grosso, um técnico dinamizador, disciplinado taticamente, ousado, inovador e determinado em busca de resultados positivos para as equipes onde trabalhou e treinou.

Isaías de Jesus Campos : Certamente o torcedor corumbaense apaixonado por futebol, a torcida que vai estádio e joga com o time merece uma equipe mais competitiva. Nós merecemos um time que seja temido pelas outras equipes.Mas falta investimentos. Todo ano é assim. Começamos o ano disputando 4 títulos e agora só estamos no estadual e ainda mal das pernas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE