Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
14 de Agosto de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Com recursos próprios e mão de obra dos detentos, presídio masculino reestrutura portaria da unidade

Portal de Notícias do Governo de MS em 21 de Fevereiro de 2018

Mais segurança e funcionalidade no desenvolvimento dos serviços prestados definem a inauguração da nova portaria do Estabelecimento Penal Masculino de Corumbá (EPC), realizada na terça-feira (20). Com a reforma, o local passa a utilizar o aparelho de raio-x para vistoriar pertences já no próximo final de semana e conta com acessos diferenciados para internos e demais pessoas como advogados, autoridades e visitantes.

Keila Oliveira/Agepen

Com a reforma, o local passa a utilizar o aparelho de raio-x para vistoriar pertences já no próximo final de semana

A obra também envolveu a construção de um banheiro, a ampliação das salas de revistas em visitantes, espaço próprio para a instalação futura do aparelho de scanner corporal, bem como instalação de travas elétricas nas portas. Além disso, foi instalado um setor de contenção que melhorará o controle do acesso ao presídio e a nova portaria também conta com uma porta resistente de aço.

A reestruturação da portaria da unidade penal de Corumbá, pertencente à Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), foi realizada com recursos próprios e contou com a mão de obra prisional. “O que reforça o caráter de ressocialização por meio da ocupação produtiva dos detentos, além de garantir a redução de custos”, complementou o diretor do presídio, Mauro Augusto Ferrari de Araújo, agradecendo as doações de materiais que recebeu de colaboradores.

Presente na solenidade, o presidente da OAB/Corumbá, Roberto Lins, ressaltou os avanços conquistados no estabelecimento penal e elogiou o trabalho realizado pelos agentes penitenciários e a organização do presídio, o que demonstra o comprometimento da direção e dos profissionais envolvidos.

Em dezembro do ano passado, o Estabelecimento Penal de Corumbá também ampliou em 57% o número de vagas do presídio, com a reestruturação do anexo III, e gerou uma economia de R$ 400 mil aos cofres públicos, sendo executada com recursos próprios e de parcerias, com utilização de mão de obra prisional. A ativação deste espaço elevou de 228 para 358 o total de vagas do estabelecimento penal.

Mudança na Gestão

Durante a solenidade de inauguração, Mauro anunciou seu pedido formal de saída da direção do EPC, por motivo de caráter pessoal. “Agradeço o apoio de toda a direção da Agepen no tempo em que estive a frente desta unidade, assim como todo o trabalho em equipe realizado pelos servidores durante minha gestão. E essa entrega da nova portaria representa o fechamento do ciclo de trabalho que conquistamos graças a inúmeras parcerias e contribuições”, afirmou emocionado o diretor.

Mauro assumiu o cargo há pouco mais de um ano e permanecerá até o final de fevereiro, posteriormente, o agente penitenciário da área de Segurança e Custódia, Amilton Jorge da Costa Evangelista, assumirá a direção do EPC. Há 28 anos na Agepen, afirmou que essa será a terceira vez que vai dirigir um presídio e pretende dar continuidade aos trabalhos que já vêm sendo realizados na unidade.

“Agradeço mais essa confiança que me foi depositada e pretendo manter o relacionamento e continuar recebendo o apoio dos parceiros e colaboradores”, disse Amilton, afirmando ainda, que umas das primeiras ações que pretende realizar na unidade é a separação dos detentos, conforme critérios previstos na legislação.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE