Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
25 de Abril de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Imperatriz homenageia Durvalino, o "garganta de ouro" do Pantanal

Lívia Gaertner em 13 de Fevereiro de 2018

Atento à rica trajetória de vida de uma figura popular, bastante humilde e querida da cidade, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Corumbaense irá para a avenida em 2018 homenageando o cantor Durvalino.

Chamado de “Garganta de Ouro”, devido a sua grande potência vocal que encantou uma das duplas sertanejas mais veneradas até hoje em dia, Milionário e José Rico, o intérprete corumbaense recusou um convite dos artistas para seguir viagem pelo Brasil e o motivo é contado ao Diário Corumbaense por Clemílson Medina, presidente da agremiação.

“Falar de Durvalino é uma tarefa árdua. Ele abriu mão de ir viajar cantando pelo Brasil com a caravana de Milionário e José Rico, para não sair de Corumbá, para não se afastar de sua mãe. Ele trabalha até hoje como inspetor de uma escola municipal, não quis aposentar. A paixão dele pela música também é um capítulo à parte”, disse sobre elementos que ajudaram a compor o enredo da escola.

Aliás, informações que deram mais riquezas de detalhes para o desfile que vem sendo preparado pela escola do bairro Aeroporto foram repassadas pela própria mãe de Durvalino que, infelizmente, não poderá ver a homenagem prestada ao filho, pois faleceu no início de janeiro, cerca de um mês após contar como foram os primeiros anos de vida do filho quando já teve que lutar pela vida.

A Imperatriz Corumbaense é penúltima a desfilar na segunda parte da apresentação das escolas de samba, já na madrugada desta terça-feira (13).

Grêmio Recreativo Escola de Samba Imperatriz Corumbaense

Fundação: 22/02/2007

Presidente: Clemílson Medina

Cores: verde, vermelho, amarelo e branco

Carnavalesco: Jonílson Arguelho

Enredo: “Durvalino, o Garganta de Ouro do Pantanal, dá o tom na Imperatriz”

Compositores do samba-enredo: Victor Raphael e Pedro J. Castro (Pedrão)

Intérprete: Braguinha

Número de componentes: 600

Número de alas: 14

Número de carros alegóricos: 04

Componentes da bateria: 70

Porta-bandeira: Deise Santos

Mestre-sala: Valdevino

Rainha da bateria: Cecília Sant’Anna

Mestre de bateria: Daniel

Barracão: rua República do Paraguai, nº 02, bairro Aeroporto

Colocação em 2017: 4ª colocada no grupo de Acesso, com 156,4 pontos

Ordem de desfile em 2018: 4ª a desfilar no dia 12/02 (2ª feira)

 

GRES Imperatriz Corumbaense

Samba-enredo: “Durvalino, o Garganta de Ouro do Pantanal, dá o tom na Imperatriz”

Autores: Victor Raphael e Pedro J. Castro (Pedrão)

Cantarei em prosa e verso

O filho que o Cristo abençoou

Desde pequenino, o jovem menino

Os problemas superou

Se o destino trouxe atribulações

A força de vontade veio em forma de canções

 

Surge o “Garganta de Ouro”

Embalando as multidões

Surge o “Garganta de Ouro”

Conquistando nossos corações

 

Aquele desafio foi deixado para trás

Se via Durvalino nos botecos e quintais

Sua voz tão imponente

Dava brilho nos bordéis e festivais

Enchendo o coração de alegria

Abre as portas da esperança

Pra criança estudar

No peito traz a paixão de rubro-negro

Esse menino é nosso enredo

Na fé da Santa Mãe Aparecida

 

Pela longa estrada da vida

Vou correndo e não posso parar

Ao encontro da felicidade

Almejando o primeiro lugar

 

Canta, canta, no triciclo da alegria

Embalado pelas bênçãos do Senhor

Vem pro samba, é tempo de ser feliz

É Durvalino o tom da nossa Imperatriz

Saiba mais

14/02/2018 Campeã, Liesco e Prefeitura já miram no carnaval 2019

14/02/2018 Mocidade da Nova Corumbá se consagra campeã com enredo sobre o povo cigano

13/02/2018 Em 6 décadas de folia, Império do Morro não poupou luxo para homenagear carnavalesco

13/02/2018 Império do Morro encerra desfile celebrando 60 anos de fundação

13/02/2018 Imperatriz faz voz do "garganta de ouro" do Pantanal ecoar na passarela do samba

13/02/2018 Superando problemas, Unidos da Vila Mamona trouxe o medo para a passarela do samba

12/02/2018 Vila Mamona traz para a avenida enredo sobre o medo

12/02/2018 Festejando os 30 anos de carnaval, Marquês de Sapucaí prova que tem orgulho de sua história

12/02/2018 Marquês de Sapucaí comemora 30 anos de fundação

12/02/2018 Estação Primeira fez da passarela do samba palco para a dança de Ana Paula Honório

12/02/2018 Presidente da Liesco avalia grupo único como estímulo para as escolas de samba

12/02/2018 Estação Primeira inicia desfile e homenageia bailarina

12/02/2018 Caprichosos debocha da ambição em forma de protesto contra momento que país vive

12/02/2018 Caprichosos protesta contra a corrupção com bom humor

12/02/2018 Acadêmicos do Pantanal reverenciou escola de samba mais tradicional de Corumbá

12/02/2018 Acadêmicos do Pantanal inicia desfile em homenagem aos 60 anos da Império

12/02/2018 A Pesada emocionou com poder do amor e da gratidão pela Cidade Dom Bosco

11/02/2018 Terceira a desfilar, A Pesada traz a Cidade Dom Bosco para a avenida

11/02/2018 Com magia e força do povo cigano, Mocidade encanta entoando “Optchá”

11/02/2018 Começa o desfile da "caravana da alegria" da Mocidade da Nova Corumbá

11/02/2018 Entre arte, fé e festas populares, Major Gama reverenciou Tanabi na passarela do samba

11/02/2018 Major Gama vem para a avenida reverenciar ativista cultural Tanabi

11/02/2018 Corte de Momo abre o primeiro dia de desfile das escolas de samba de Corumbá

11/02/2018 Esplendor do Samba vai premiar escolas em onze quesitos e melhor apresentação

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE