Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Novembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 
Alfredo Sartory

Flagrantes 07 de novembro de 2017

Por Alfredo Sartory em 10 de Novembro de 2017

PARNAÍBA

Em minhas mãos, convite enviado pelo comandante do 6º DN, C. Alte. Luiz Octávio Barros Coutinho, para a cerimônia de 80 anos do Navio Monitor Parnaíba. The happening terá lugar às 10 horas, da próxima sexta-feira, dia 10, a bordo do Monitor Parnaíba que estará atracado no cais da Base Fluvial de Ladário. Construído no Arsenal de Marinha da Ilha das Cobras - RJ, o Monitor Parnaíba completa 80 anos de bons serviços prestados à Marinha do Brasil. Projetado exclusivamente por brasileiros, marcou a retomada da construção naval do nosso País no século XX. Teve sua quilha batida em onze de junho de 1936, pelo então presidente da República, Getúlio Dornelles Vargas, sendo batizado e incorporado à Armada em seis de novembro de 1937, na cerimônia em que teve como madrinha a Sra. Darcy Sarmanho Vargas, primeira-dama do País. Em nove de março de 1938, transferia sua subordinação à Flotilha de Mato Grosso. Ao longo destes 80 anos, testemunhou inúmeros feitos e fatos relevantes da nossa história. Muito bom!

O amigo, secretário de Saúde da city, Rogério Leite e sua esposa Letícia

LUGARES

Como sempre acontece nos finais de semana, o meu giro pelos bares e lugares começou com o encontro semanal dos amigos do Lions. Embora em número reduzido, pois, alguns se encontravam no Paraná, onde participaram no dia 04, do enlace matrimonial dos jovens Thalita e Henrique. Por lá: Clovis Coelho e Beth; Cleodomiro Pimenta e Lúcia; Celso Rojas e Edina; Walter Adorno e Eliane e Bibi Galharte. No sábado, ainda estive a bordo do Avalom Bistrô, onde encontrei os amigos Marcelo Dantas e Tânia; Luiz Vieira de Matos e Letícia; Fernando Philbois e Mônica, dentre outros. No domingo, participei da Feijoada da escola de samba A Pesada, que marcou oficialmente o lançamento do samba-enredo para o Carnaval 2018. Foram momentos agradabilíssimos, com bom papo e boa companhia. Chiquetésimo!

O diretor interino da Funec, Silvino Rodrigues Ribeiro e sua esposa, a aniversariante do próximo dia 09, Tânia Regina

FLOTILHA

No último dia 1º de novembro, a presidente da Soamar Ladário Corumbá, Terezinha Baruki esteve participando, ao lado de soamarinos e convidados, das celebrações em torno do 141º aniversário da Flotilha de Mato Grosso que é responsável pela salvaguarda da fronteira Oeste ao longo da calha do rio Paraguai. O culto em ação de graças contou com a participação dos tripulantes da Flotilha que é comandada pelo CMG Muller. O lema da Flotilha é: “Um só time, um só rumo”.

PRIORIDADES

O prefeito Marcelo Iunes reuniu todo o primeiro escalão da Administração Municipal, dentre os quais secretários e titulares de Fundações e Agências, ontem, dia 06, quando afirmou que a prioridade de sua gestão será dar continuidade a todos os projetos trabalhados pelo prefeito dos corumbaenses Ruiter Cunha de Oliveira – morto em 1° de novembro –, estejam eles em andamento ou ainda em fase inicial de planejamento. O agora, chefe do executivo local, garantiu a manutenção da equipe. Para tomar conhecimento completo do cenário administrativo, ao longo da semana, Iunes deve se reunir ainda com todo o seu staff. O prefeito antecipou que manterá os compromissos assumidos por Ruiter. Um deles será honrar o pagamento do funcionalismo municipal rigorosamente em dia. Inclusive, fazendo a liberação de três folhas salariais num prazo de trinta dias com a quitação dos salários de novembro, dezembro e 13° dos servidores dentro dos respectivos meses trabalhados, além de já estar viabilizando a decoração natalina e o carnaval.

O casal Mara e o presidente da OAB local, Roberto Lins. Ele, sempre atento aos acontecimentos que possam envolver a entidade que congrega os operadores do direto em nossa urbe

DOM BOSCO

No sábado, dia 04, a escola de samba A Pesada realizou solenidade de lançamento do enredo para o Carnaval 2018: “Cidade Dom Bosco – O Reino do Amor”. The happening teve lugar na sede da agremiação e contou com as presenças do Pe. Waldomiro, diretor da Missão Salesiana; do Pe. Osvaldo; da professora Lindivalda Gonçalves dos Santos que esteve representando a Cidade Dom Bosco; do presidente da Liesco, José Martinez Neiva, além de professores, coordenadores e alunos da Cidade D. Bosco. O enredo é de autoria do expert Victor Raphael que em sua fala lembrou um pouco sobre o surgimento da Cidade Dom Bosco, que deu nome ao hoje populoso bairro, antes cidade Jardim. Falou sobre a importância da escola para aquela comunidade e a felicidade de ser escolhido para fazer o enredo. Também usaram da palavra o presidente da Pesada Neidival Colombo; Pe. Valdomiro; José Martinez Neiva; Lindivalda e Victor, cada qual contando um pouco da sua ligação com a Cidade D. Bosco. Após a solenidade, houve a parte artística, com apresentação da bateria Pulso Forte; passistas; mestre-sala e porta-bandeira; musa da Pesada e rainha da Bateria. A noite encerrou com um delicioso jantar servido aos presentes. Show de bola!

A amiga Cecília e o querido amigo que nos deixou no último dia 04, Nilton Vaz

ADEUS

Hoje, dia 07, logo mais às 18 horas, a Praça Generoso Ponce será palco de mais uma manifestação de carinho ao prefeito dos corumbaenses Ruiter Cunha de Oliveira, com a celebração da missão de 7º dia, quando amigos e familiares lá estarão para mais esse momento de reflexão. Conheci Ruiter nos idos de 1.997, daí uma forte e sólida amizade se consolidou. Foram anos de companheirismo, não só com ele, mas com toda a família, a esposa Bia, da época ainda que nem o Rodrigo e a Rafaela haviam nascido, crianças que vi crescer e se transformarem em adolescentes lindos e encantadores. Convivi de perto com a família, passávamos horas conversando, rindo, contando “causos”. Ruiter sempre esteve presente em minha vida, seja simplesmente como Ruiter, ou como o prefeito dos corumbaenses Ruiter Cunha de Oliveira. Acompanhei de perto a sua caminhada política, seus feitos, suas conquistas, suas glórias, bem como também participei dos momentos de angústias, os quais me confidenciava. Ruiter Cunha de Oliveira será sempre lembrado por mim como um grande amigo, um pai de família extremado, apaixonado pelos filhos Rodrigo e Rafaela; pela esposa Bia, pela mamãe Leir, pela vovó Marfisa, pela tia Delvair, pela sogra Elza e pela irmã Glaucia, a qual tinha uma enorme ligação, um amor de irmãos que não se media em palavras. Amor incondicional! Assim era Ruiter, um apaixonado pela vida e pelas pessoas. Que o Grande Arquiteto do Universo o receba em sua Glória. A nós só resta a Saudade!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE