Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
23 de Outubro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Black Friday Brasil/Bolívia deve oferecer produtos com 20% a 70% de desconto

Lívia Gaertner em 06 de Outubro de 2017

Brasil e Bolívia, nas cidades fronteiriças de Corumbá, Puerto Quijarro e Puerto Suárez, anunciaram uma parceria inédita visando o incremento do fluxo comercial na região. O famoso Black Friday, período de grandes ofertas e descontos, acontecerá, pela primeira vez, de forma concomitante entre os dois países. A ação está sendo coordenada pela Prefeitura de Corumbá, ACIC - Associação Comercial e Empresarial, SindVarejo e CAINCO - Cámara de Industria, Comercio y Servicio - da província de Germán Busch, que engloba os municípios bolivianos de Puerto Quijarro, Puerto Suárez e El Carmen Rivero Torrez.

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Ação entre países foi anunciada por integrantes das prefeituras e organizações comerciais

Renato Lima, secretário Municipal de Indústria, Comércio e Produção Rural de Corumbá, explicou que o evento vem ao encontro de uma nova maneira de enxergar a fronteira. Segundo ele, uma região com grande potencial comercial, mas que sempre foi vista de costas por parte dos brasileiros que aqui residem.

“Nossa fronteira é viva e entendemos que precisamos melhorar a relação comercial com ela. Inicialmente, faríamos no dia 24 de novembro, porém o Black Friday da Bolívia acontece agora em outubro e resolvemos agregar com nossos irmãos bolivianos, com os ladarenses para atingirmos toda essa região e fazer uma mobilização internacional. Entendo que temos um mercado de 150 mil consumidores, unindo essas cidades do Brasil e da Bolívia em nossa fronteira. Esse mercado foi pouco explorado ao longo dos anos e queremos ampliar com essas ações e demais outras que virão”, afirmou.

Em Corumbá, a Black Friday acontecerá entre os dias 13 e 14 de outubro, na área central, porém não se restringirá aos estabelecimentos comerciais dessa área, como explicou o secretário Renato ao afirmar que haverá um grande feirão com concessionárias de veículos e a presença de bancos que estarão oportunizando créditos à população. Além disso, lojistas de outras partes da cidade também  poderão expor e comercializar seus produtos em tendas que serão instaladas nas ruas do comércio central.

“É uma ação da cidade e não apenas do centro comercial, então pedimos a colaboração dos moradores dessa região sobre a interdição das ruas e toda a estrutura e fluxo de pessoas que se concentrarão mais no sábado, dia 14”, disse ao lembrar que ações como essa são oportunidades de bons negócios para o público e também para os comerciantes.

“Nesse tempo de crise, tem determinados períodos do ano que vem diminuindo a movimentação e é justamente quando o Poder Público tem que atuar para mobilizar as questões comerciais, para movimentar o PIB que puxa a geração de emprego e renda, o desenvolvimento, sendo esses nossos objetivos”, disse.

Renato Lima, Secretário de Indústria, Comércio e Produção Rural de Corumbá, destacou o potencial econômico da fronteira

Nas cidades bolivianas da fronteira, a Black Friday acontecerá durante três dias, de 12 a 14 de outubro em lojas que aderiram à campanha e estarão identificadas com material de divulgação nas portas de entrada e vitrines.

“Essa parceria tem que acontecer em todos os eventos que a gente tem. A conjuntura que conseguimos abranger com eventos internacionais é muito mais forte e menos oneroso para  todos. A gente está aguardando um fluxo muito grande de turistas com a ExpoPantanal 2017 e que será potencializado com a Black Friday. A ideia é ter uma visita de cerca de 3 mil pessoas vindas de Santa Cruz para o turismo de compras, e aqui no Brasil, dobrar esse número”, estimou Luis Delgadillo Salazar, presidente da CAINCO na província de Gérman Busch.

Luis Salazar destacou que a parceria entre Brasil e Bolívia deve se estender para outros setores

De acordo com ele, a feira internacional ExpoPantanal 2017, evento que acontece há 14 anos em Puerto Suárez, na Bolívia, entrou em outro patamar nessa edição, que passou a ser internacional, com representantes também do Brasil e do Paraguai. A Feira será aberta na noite desta sexta-feira, 06 de outubro, e segue até o próximo dia 15, com discussões e oportunidades de negócios, além de programação cultural, envolvendo encontro de motociclistas, shows musicais com atrações do Brasil e da Bolívia e feira gastronômica.

Para o diretor do Sindicato do Comércio Varejista, Otávio Philbois, a integração da fronteira através desse evento comercial aponta para uma relação mais produtiva no setor, o que deve incentivar mais ações futuras dentro do contexto internacional.

“Ela servirá de marco para o início de um novo processo anual de Black Friday aqui em Corumbá e na fronteira. Estamos bem otimistas porque a união de forças entre os dois lados da fronteira faz com que, certamente, haja um aumento do interesse das pessoas tanto da Bolívia como do Brasil em visitar-nos nesse feriado prolongado e também para a nossa população ter mais atrações para vir ao centro”, avaliou.

As lojas participantes da Black Friday tanto no Brasil como na Bolívia estão preparando promoções com descontos de 20% a 70%.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE