Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
26 de Setembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Grávida é assediada em bar, reage com tapa e acaba morta a tiros

Campo Grande News em 19 de Agosto de 2017

Reprodução

Tatiane Dias da Silva, tinha 19 anos

Uma mulher, grávida, foi assassinada na noite de sexta-feira (18), depois de reagir a um assédio num bar, na rua Francisco Aires de Lima distrito de Prudêncio Thomaz, em Rio Brilhante – município distante 163 quilômetros de Campo Grande. Tatiane Dias da Silva de 19 anos, grávida de um mês, segundo o namorado, foi morta com pelo menos cinco tiros nas costas, na varanda da casa onde morava.

Segundo site ‘Rio Brilhante em Tempo Real’, o namorado da vítima contou que o crime ocorreu logo após a mulher reagir a um assédio num bar que fica em frente a casa, onde teriam ido comprar bebida alcoólica. Enquanto o namorado da vítima estava no balcão comprando as bebidas, o suspeito do crime, Elias Lazaro Cavalheiro, de 42 anos, conhecido como ‘‘Neguinho Marcolino”, que estava no bar, teria assediado a vítima.

Ao ver a situação, o namorado saiu em defesa de Tatiane, dizendo ao suspeito que parasse. Porém, Elias, teria insistido nas investidas, momento em que Tatiane desferiu um tapa no rosto do suspeito. O homem, então, teria deixado o local, mas disse que retornaria em seguida.

De acordo com o site, o namorado e Tatiane foram para casa, que fica em frente ao bar, quando o suspeito retornou armado e surpreendeu a moça na varanda da casa. Segundo testemunhas que também estavam na residência no momento dos disparos, o homem chegou, atirou e saiu calmamente, guardando o revólver na cintura.

A suspeita da polícia é que uma terceira pessoa deu fuga ao assassino em um carro. Buscas foram feitas, mas ele não foi localizado. Tatiane deixou dois filhos, um de quatro anos e outro de um ano e meio.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE