Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
17 de Dezembro de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Famílias do baixo pantanal vão receber atendimento do Povo das Águas

Fonte: Assessoria de Comunicação da PMC em 05 de Agosto de 2017

A Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos promove, de 06 a 11 de agosto, a terceira ação do Programa Social Povo das Águas. Serão atendidos moradores da região do baixo pantanal por vinte servidores da Prefeitura Municipal de Corumbá e três voluntários que vão levar serviços de saúde e assistência social, palestras com psicólogas, orientações na área da educação e vão distribuir cestas básicas e alimentos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). A embarcação com a equipe multidisciplinar vai sair do Porto Geral, às 22 horas de domingo.

Clóvis Neto/PMC

Ação deve atender a aproximadamente 209 famílias com serviços médicos, odontológicos, socioassistenciais e orientações

Como a região é bastante visitada por turistas, de acesso mais fácil e há movimentação maior de pessoas, foi realizado recadastramento de moradores pela Defesa Civil e Assistência Social do Município. O recadastramento feito na semana passada teve como objetivo retirar da lista famílias que não possuem o perfil do Programa Social, priorizando o público-alvo do Povo das Águas. Sendo assim, serão atendidas aproximadamente 209 famílias.

O atendimento começará na manhã de segunda-feira, 07 de agosto, na região do Porto Formigueiro, na casa de dona Fátima. À tarde, os serviços serão prestados no Porto da Manga, nas dependências do Hotel Sonetur. No dia seguinte, será a vez dos moradores de Porto Esperança, que receberão atendimento na Escola Municipal de Porto Esperança, das 08h às 13 horas. Na quarta-feira, dia 09, a equipe estará em Forte Coimbra, na Escola Municipal Ludovina Portocarrero. Região de Porto Morrinho receberá visita dos servidores municipais no dia 10 de agosto. A embarcação com a equipe deve retornar à cidade na sexta-feira, dia 11.

Três voluntárias vão compor a equipe multidisciplinar, sendo uma cabelereira, uma assistente e a jornalista Daniela Ramos do site de notícias Corumbá Agora. Na última edição do Povo das Águas, o jornalista Leonardo Cabral, do Folha MS, participou da ação. O objetivo é dar oportunidade à imprensa corumbaense de conhecer melhor e divulgar as atividades realizadas pelo programa.

Mais uma vez, diversas secretarias estão envolvidas com a ação social. “A maioria dos moradores dessa região é composta por pescadores e catadores de isca e que precisam desse auxílio, pois sofreram muito com cheia desse ano. Durante o recadastramento, o pessoal da Assistência Social e Defesa Civil verificou in loco que toda a região sofreu com alagamento e os moradores não têm como plantar nada, por isso, levaremos cestas básicas e os alimentos do PAA, além dos outros atendimentos”, afirmou Elisama de Freitas Caballero, coordenadora do programa.

Ela destacou que a campanha “Agosto Lilás”, lançada em Corumbá na quarta-feira, dia 02, pela Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos, estará presente no Povo das Águas. Uma psicóloga do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CRAM) vai levar a palestra “Navegando com Maria da Penha” para moradores da região do baixo pantanal, dentro do contexto da campanha. O Povo das Águas sempre levou informações nesse sentido aos ribeirinhos, em especial a essa região ribeirinha. Na gestão anterior do prefeito Ruiter Cunha de Oliveira, o assunto foi abordado pela delegada da mulher, que viajou com a equipe. “Estamos dando continuidade a essas orientações, frisando nesse momento a campanha ‘Agosto Lilás’ de prevenção à violência doméstica”, afirmou Elisama.

Todos os locais de atendimento vão receber informações sobre a campanha. A psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) também vai levar orientações, mas dessa vez sobre trabalho infantil e abuso sexual de crianças e adolescentes. Já a psicóloga do CRAS itinerante vai conversar com os ribeirinhos sobre o uso abusivo do álcool e das drogas.

“Essa região do baixo pantanal é bastante movimentada por turistas, há casas noturnas, boates e essa campanha do ‘Agosto Lilás’ e as palestras das psicólogas serão bastante proveitosas na prevenção à violência e ao abuso sexual de menores. É um tema que vai ao encontro da vivência desses moradores”, afirmou Elisama Caballero.

A médica-veterinária Walkíria Arruda, chefe do Centro de Controle de Zoonoses, participará da viagem levando orientações e vacinação antirrábica a gatos e cachorros.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE