Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
22 de Julho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Aumenta procura pela vacinação contra a gripe; imunização vai até esta sexta-feira

Rosana Nunes e Thaissa Leone em 08 de Junho de 2017

Fotos: Anderson Gallo/Diário Corumbaense

Dona Maria já se vacinou e hoje levou a neta para ser imunizada contra a gripe

Vai ser encerrada nesta sexta-feira (09) a campanha nacional de vacinação contra a gripe. O prazo era até o dia 26 de maio, mas foi prorrogado pelo Ministério da Saúde porque a meta de imunização do público-alvo (crianças menores de cinco anos; gestantes; puérpuras; idosos; trabalhadores da saúde, professores, indígenas; presos; funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades) não havia sido atingida.

Nesta semana, os índices de cobertura vacinal melhoraram e a imunização foi aberta à população em geral. Em Corumbá, a Secretaria de Saúde já atingiu a meta de 90% do público-alvo, de um total de cerca de 28 mil pessoas.

Nos postos de saúde, a procura pela vacina aumentou. Segundo, Lucimar da Silva, mãe do pequeno Rafael, de 5 anos, é de extrema importância a vacina, principalmente para as crianças. “É uma forma de evitar que as crianças, ou pessoas que realmente precisam, fiquem doentes”, frisou. Ela ressalta que com o inverno a tendência é que a pessoas fiquem gripadas e por causa disso, também tomou a vacina. “Aproveitei que abriu para todos e resolvi tomar junto com meu filho”, disse ao Diário Corumbaense.

Maria Canabarro, de 65 anos, faz parte do público-alvo da campanha e  tomou a vacina há três dias. Desta vez, ela  trouxe a neta de 4 anos para se prevenir. Para ela, a vacinação é uma forma de evitar problemas de saúde por causa da idade. “Percebo com a vacina que não adoeço fácil, e faz diferença. Sempre venho nesta unidade, cheguei hoje às 07h15 e tinha bastante gente esperando. Hoje, trouxe minha neta para tomar, porque ela tem problema respiratório”, contou.

Já o estudante do Colégio Dom Bosco, Daniel dos Santos Dúcio, de 14 anos, chegou com a mãe e o irmão às 07h40 para a família tomar a vacina contra a gripe. Para ele, o importante é se prevenir. “Vim com minha mãe e irmão. É importante, e sempre ficamos atentos em relação às vacinas”, disse.   

Daniel foi com a mãe e o irmão tomar a vacina

As seguintes Unidades Básicas de Saúde oferecem a imunização: Beira Rio; Gastão de Oliveira (Maria Leite); Luiz Fragelli (Universitário); Fernando Moutinho I e II (Cristo Redentor); Padre Ernesto Sassida (Dom Bosco); Humberto Pereira (N.Sra. de Fátima); Lúcia Maria Pereira I e II (Kadwéus); Popular Velha e Nova Corumbá. O funcionamento é das 07h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30. O pronto-atendimento dos postos Pedro Paulo II e Breno de Medeiros também disponibilizam a vacinação das 18h30 às 21h30.

A vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde desde o dia 17 de abril protege contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial da Saúde para este ano (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). Segundo a pasta, estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% e 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza. O organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção.

 

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE