Menu

Fale Conosco Expediente

Corumbá, MS
28 de Maio de 2017
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Campanhas do TSE

Da Redação em 06 de Julho de 2016

Campanhas do TSE - A Justiça Eleitoral começou a veicular na terça-feira três campanhas institucionais sobre as eleições municipais de outubro. A exibição vai até o dia 08 de agosto. As campanhas têm como objetivo atingir eleitores, de 16 a 70 anos, de ambos os sexos, de todas as classes sociais, etnias e religiões. A ideia é transmitir conhecimento ao eleitor e fundamentar o voto consciente, além de permitir que o cidadão possa acompanhar os atos dos candidatos eleitos e exigir que os programas de campanha sejam cumpridos.

Prefeitos e vereadores - A primeira campanha aborda as funções que exercem prefeitos e vereadores. Explica para o eleitor as atribuições desses dois cargos nos municípios. Esclarece ainda a composição das Câmaras dos Vereadores e suas funções.

Justiça Eleitoral - Outra campanha mostra a estrutura e as funções da Justiça Eleitoral, suas atribuições e importância para a democracia no país. Serão mostrados de forma didática a posição que a Justiça Eleitoral possui dentro do Poder Judiciário, os órgãos que a compõem e as atribuições de cada um deles. O objetivo é fazer com que o eleitor compreenda melhor o serviço prestado pela JE, a importância disso para a sociedade e os recursos que lhes são disponibilizados através de toda sua organização.

Participação da mulher - A última campanha, mas não menos importante, vai abordar a participação da mulher na política. O Brasil ocupa o 116º lugar na lista de 190 países, segundo dados da União Interparlamentar. Em contrapartida, de acordo com dados do Ministério do Trabalho, em 2012 as mulheres já representavam, no país, 38% dos médicos; 43% dos advogados, juízes e promotores e mais de 60% dos arquitetos.

Só lei não basta - Um estudo comparativo entre alguns países mostra que apenas a aplicação da lei não é suficiente para que haja incremento na quantidade de cadeiras ocupadas por mulheres. É preciso capacitar, criar programas de apoio, além de realizar campanhas de incentivo, a fim de despertar as condições para que elas participem dos processos decisórios do país.

Nome social - Resolução do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), publicada na edição de terça-feira, 05 de julho, do Diário Oficial da União, reconheceu o nome social de advogados travestis e transexuais. A decisão foi tomada pelo Conselho Pleno da OAB em maio deste ano e abre caminho para que advogados travestis e transexuais usem o nome social no registro da Ordem. A proposta, aprovada por unanimidade, permite a inclusão do nome social nas carteiras de identidade profissional e nas identificações online no âmbito dos sistemas da OAB em todo o país.

Tempo seco - Não há previsão de chuva para os próximos dias em Corumbá e a baixa umidade do ar tem prejudicado a saúde da população, principalmente de crianças e idosos. Algumas enfermeiras plantonistas dizem que a recepção da UPA está ficando superlotada à noite, com dezenas de crianças para serem atendidas.

Pediatria - O motivo da grande procura pela UPA também seria pela equipe de pediatria que tem atraído pais que buscam atendimento para os seus filhos. A maioria das crianças está chegando com sintomas de tosse, febre e não consegue dormir. Vale lembrar que a UPA é voltada para casos emergenciais e que o tratamento completo deve ser acompanhado pelas Unidades Básicas de Saúde

Meteorologia - De acordo com a meteorologia, o tempo continuará seco e queimadas podem piorar ainda mais os problemas respiratórios. A recomendação médica é que os moradores usem umidificadores e, se depois da primeira consulta médica, o quadro de tosse, febre e dificuldade de respiração piorar, o paciente procure urgentemente por ajuda médica.

Ações e Compartilhamento
Entre em contato com o autor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE