Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
19 de Agosto de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Cumprindo 32 mandados, Gaeco tem movimentação intensa na Capital

Campo Grande News em 08 de Agosto de 2018

Marina Pacheco/CG News

Viatura do Bope chegando na sede do Gaego no Parque dos Poderes

A movimentação de equipes policiais foi intensa no Gaego (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) durante a operação Grãos de Ouro, deflagrada nesta quarta-feira (08). Pelo menos 200 homens da Polícia Militar, do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especais) e do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) foram mobilizados, além do Batalhão de Choque no interior do Estado. Documentos e computadores foram apreendidos. 

Durante o entre e sai de viaturas, o corregedor-geral do Estado, José Aparecido Barcello de Lima, foi visto saindo do Gaego. Questionado se tinha conhecimento da operação, ele disse que ainda não sabia de nada e havia ido ao local buscar alguns documentos.

A ação cumpre 136 mandados, sendo 32 de prisão preventiva e 104 de busca e apreensão em sete Estados. As ordens judiciais são cumpridas em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso.

Em Mato Grosso, são 10 mandados, sendo sete de busca e apreensão e três de prisão preventiva. A operação combate sonegação fiscal. Marcos Antônio Silva de Souza, funcionário da Assembleia Legislativa conhecido como Marcão, foi um dos alvos da operação. O Gaeco também prendeu o empresário Siloé Rodrigues de Oliveira e cumpriu mandados de busca e operação na Forte Corretora de Cereais, na Vila Planalto, em Campo Grande. 

O Gaeco fará coletiva de imprensa na parte da tarde para fornecer mais detalhes. 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE