Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
19 de Agosto de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Bando especializado em arrombar bancos é preso em ação de três delegacias

Campo Grande News em 17 de Julho de 2018

Divulgação/Polícia Civil

Suspeitos presos em delegacia do interior

Ação conjunta entre delegacias de dois municípios e o Garras (Delegacia de Repressão de Roubo a Banco, Assalto e Sequestros) resultou na prisão de quadrilha especializada em arrombar agências bancárias em Mato Grosso do Sul. Pelo menos sete pessoas foram presas no domingo (15) após invadirem agência em Miranda – a 201 quilômetros da Capital. Porém, o caso só foi divulgado hoje (17) pela polícia.

Além do Garras, a ação envolveu policiais civis de Miranda e Jardim. Os suspeitos foram identificados como Daniel Marinho Rocha, 22 anos, Justo de Almeida Guilhen, 31 anos, Krysttyano Espindola Campos, 29 anos, Patrícia Souza Neto, 32 anos, Paulo Vitor Lopes Dias, 23 anos, Vinicius Roberto Rodrigues de Oliveira, 19 anos e Welington Gomes de Almeida, 27 anos.

Conforme divulgado pela Polícia Civil, durante as investigações foi apurado que Welington - morador de Miranda -, foi responsável, dentre outras coisas, pela indicação da instituição alvo, pela captação de fotografias do estabelecimento e a “campana” durante a ação.

Já os presos Paulo Vitor e Daniel eram os responsáveis pelo arrombamento no interior da agência, desativação do alarme e o furto do dinheiro. Krystiyano era o responsável pela condução do veículo e também pela vigilância do banco, avisando os demais integrantes sobre eventual aproximação da polícia.

Já Vinicius monitorou a Delegacia de Polícia e o Justo guardou as ferramentas usadas no crime. Por fim, Patrícia foi a responsável por reunir os envolvidos, cedendo inclusive seu veículo para que o grupo cometesse o crime.

Mais detalhes sobre valores levados ou o dia em que o crime foi cometido ainda não foram divulgados pela polícia.

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE