Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
23 de Junho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Ainda indefinido para eleições, Democratas promoveu encontro em Corumbá

André Navarro em 11 de Junho de 2018

André Navarro

Encontro aconteceu no sábado, no auditório da Associação Comercial

Com a presença do prefeito Marcelo Iunes (PSDB) e de vários vereadores de Corumbá pertencentes a outras siglas, o Democratas (DEM), reuniu correligionários e simpatizantes na Associação Comercial de Corumbá no final de semana. O Partido ainda não definiu se terá um candidato ao governo ou se comporá uma chapa majoritária indicando o candidato ao senado, mas tem nomes que considera fortes para as câmaras estadual e federal.

“O Democratas pode crescer muito em Corumbá, desde que esteja alinhado com o governador Reinaldo Azambuja e com os projetos que a cidade tem para se desenvolver”, disse o prefeito Marcelo Inunes que já havia afirmado que o seu partido é Corumbá. Além disso, Marcelo disse recentemente que, apesar de defender a candidatura de corumbaenses, e ele próprio estar engajado na pré-campanha de Bia Cavassa (PSDB), tem que reconhecer os parlamentares que fizeram por Corumbá. 

“O deputado Barbosinha está sempre aqui conosco, vem sempre a Corumbá”, lembrou o prefeito. José Carlos Barbosa, que foi presidente da Sanesul, tinha se afastado da Assembleia para onde voltou recentemente para ser secretário de Segurança Pública, chamado por Reinaldo Azambuja. Ratificou durante o encontro a reforma da escola Júlia Gonçalves Passarinho, no valor de R$ 1,4 milhão e fez uma prestação de contas dos trabalhos que realizou no município. 

Na mesa estava o presidente do DEM, Murilo Zauith, que é o potencial pré-candidato ao governo do Estado pela sigla, mas que conversa com outros partidos sobre se candidatar a senador, em especial com o PSDB do governador Reinaldo, lado mais provável para o DEM pender nas eleições deste ano.

“Temos certeza que o nosso papel é fundamental nas eleições do nosso Estado. O DEM é muito importante para dar o encaminhamento às discussões democráticas que nós vamos ter nas próximas eleições”, disse Zauith. Ele ressaltou que o Brasil tem que ter um projeto nacional. “Nós não podemos viver num país do tamanho do Brasil, com a economia que nós temos, com uma população trabalhadora e não termos uma grande liderança nacional que possa nos conduzir. É esse debate que o Democratas está fazendo e trazendo para o Estado porque os nossos representantes que forem eleitos têm que ir para Brasília com um projeto nacional”, enfatizou, avaliando a instabilidade que o Brasil passa hoje.

André Navarro

Encontro regional reuniu filiados e políticos de outras siglas

Sobre a possibilidade de ser candidato ao senado, ou mesmo a vice-governador na chapa de Azambuja, Zauith afirmou que existem muitos rumores. “Nós temos uma relação muito boa na política, todo esse tempo que eu estive na política, todos os cargos que ocupei, sempre tive boas relações. Oriundo de Dourados, ele lembrou que o combate à corrupção começou pela cidade do sul de Mato Grosso do Sul. “A primeira mala de dinheiro que foi pega, foi em Dourados, o prefeito recebendo dinheiro. Aí foi marcada uma nova eleição e eu tive a oportunidade de ser o protagonista de construir essa nova história em Dourados. 

Com ênfase no combate à corrupção o DEM intitulou o encontro de “Novos Caminhos”. Além de José Carlos Barbosa, veio à reunião o deputado estadual Zé Teixeira. Os deputados federais Henrique Mandeta e Teresa Cristina não compareceram. Mandeta mandou dizer que teve compromissos como médico, e Teresa que já tinha agenda assumida anteriormente, mas ela enviou uma carta na qual se desculpou e afirmou seu empenho pela região, principalmente no agronegócio, já que é líder do setor na Câmara.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE