Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
23 de Junho de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Corumbaense vai a Cuiabá enfrentar lanterna do grupo e torce contra Brasiliense

Ricardo Albertoni em 19 de Maio de 2018

Neste domingo, 20 de maio, o Corumbaense vai a Mato Grosso para enfrentar o Dom Bosco. A partida, que será realizada às 16h, na Arena Pantanal, em Cuiabá,  é válida pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série D de 2018. A equipe anfitriã apenas cumpre tabela nos dois últimos jogos da primeira fase. Com nenhum ponto conquistado, o Dom Bosco não pode mais alcançar o segundo colocado da competição, o Brasiliense, e não tem mais chances de se classificar para a próxima fase.

Anderson Gallo/Diário Corumbaense

No primeiro confronto, no Arthur Marinho, Corumbaense venceu o Dom Bosco por 2 a 1

Por outro lado, mesmo pequenas, as chances de classificação ainda existem para a equipe pantaneira, mas o time de Corumbá não depende mais de seus próprios resultados. O empate com o Brasiliense, adversário direto na briga pela classificação não ajudou muito o alvinegro pantaneiro que agora, além de ter que vencer todos seus jogos, deve torcer para que o Jacaré deixe de pontuar.

Para se distanciar do Corumbaense e ficar mais próximo da classificação, o time de Brasília terá também no domingo (20) uma tarefa nada fácil: vencer o líder do grupo A10, o Iporá de Goiás, que está com 12 pontos e 100% de aproveitamento. Na última rodada, que acontece no dia 27, o Corumbaense recebe o Iporá no Arthur Marinho, enquanto o Dom Bosco vai ao Distrito Federal encarar o Brasiliense.

O Iporá é o líder da chave com 12 pontos, seguido pelo Brasiliense com 7 pontos e Corumbaense com 4. O Dom Bosco é o quarto colocado sem nenhum ponto.

Retorno, vetados e pendurados

O técnico Robert Almeida vai contar com o retorno do volante Mutuca, que cumpriu suspensão automática na última partida após ter tomado o terceiro cartão amarelo no jogo em Brasília. O zagueiro Jaime, o goleiro Guilherme e o atacante Gui Feitoza seguem vetados pelo departamento médico e não devem ser relacionados para o jogo em Mato Grosso.

De acordo com o fisioterapeuta Marcelo Araújo, responsável pelo departamento médico do clube, além da próxima partida, dificilmente os atletas enfrentarão o Iporá no último jogo da primeira fase.

Os pendurados – com 2 cartões amarelos – são o zagueiro Rodrigo Milanez, o volante Cleber e o atacante Elivélton. Caso tomem a terceira advertência contra o Dom Bosco, estarão fora do jogo marcado para o dia 27, no Arthur Marinho. 

Caso vença seus jogos e aconteça a combinação de resultados ocupando ao final dos dois próximos jogos a vice-liderança do grupo A10, mesmo assim a classificação não será automática. De acordo com regulamento da Série D, classificam-se para a próxima fase, os líderes de seus grupos e os 15 melhores segundos colocados, ou seja, os dois times que terminarem na segunda colocação, com piores campanhas entre todos os vice-líderes, não avançarão.

Novo

Ainda com chances de classificação, o Novo, outro representante de Mato Grosso do Sul recebe em Campo Grande o Sinop, vice-líder do grupo A11. A situação no grupo permanece embolada e só deve ser definida nessas duas últimas rodadas.

O Aparecidense de Goiás é o líder com 7 pontos, seguido pelo Sinop de Mato Grosso que tem a mesma pontuação. Ceilândia do Distrito Federal e o Novo ocupam a terceira e quarta colocação respectivamente com 4 pontos.

 

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE