Menu

Fale Conosco Expediente Buscar

Corumbá, MS
23 de Maio de 2018
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
 

Pescadores ficam perdidos no Pantanal e são resgatados pelo Corpo de Bombeiros

Ricardo Albertoni em 16 de Maio de 2018

Divulgação/Bombeiros

Localizados pelos militares, pescadores seguiram a guarnição até a saída da baía e retornaram ao leito do rio Paraguai

Dois homens com idades de 40 e 49 anos, pescadores profissionais, foram resgatados por equipe de busca e salvamento do 3º Grupamento de Bombeiros Militar de Corumbá depois de se perderem no local conhecido como Baía do Saracura, distante cerca de 55 quilômetros de barco do Porto Geral da cidade.

O solicitante foi um primo dos pescadores, de 39 anos, que foi até o quartel dos bombeiros às 13h de terça-feira para informar que os homens haviam saído em direção à região na noite de segunda-feira (14) após receberem a informação sobre grande quantidade de peixes na localidade.

Ele disse que mais cedo, por volta das 11h, os parentes teriam conseguido contato dizendo que estavam perdidos, cansados e com fome, dentro da baía. A guarnição, juntamente com o primo dos pescadores, seguiu viagem pelo rio Paraguai e aproximadamente uma hora depois, encontrou os homens.

Divulgação/Bombeiros

Guarnição dos bombeiros foi acionada por um primo dos pescadores

Eles relataram que se deram conta de que estavam perdidos na manhã de terça, quando tentaram sair da baía após perceberem que não havia peixes. Entretanto, com a cheia, eles ficaram confusos com o acúmulo de vegetação nos trechos que dão acesso à área e que mudavam a paisagem.

Localizados pelos militares, eles seguiram a guarnição até a saída da baía e retornaram ao leito do rio Paraguai, onde navegaram até o Porto Geral de Corumbá. Como não estava ferida e não apresentava nenhum problema de saúde, a dupla disse que não precisava de atendimento médico e seguiu com familiares para a casa.

Dicas do 3º GBM

Em uma região isolada, quando se dá conta que está perdido, geralmente entra em pânico. E é exatamente este ponto fundamental para sua sobrevivência, manter a calma, e isso pode ser feito com a aplicação da regra básica “ESAON”.

“Ao se dar conta de que está perdido, lembre-se desta sigla: ESAON.

E = Estacione. Mantenha a calma, porque ficar afobado só te roubará energia.

S = Situe-se. Avalie o redor. Tem água? Faz frio? É alto? Pense no ambiente e nos recursos que tem a sua disposição e avalie se conseguirá passar algumas horas, dias ou semanas ali.

A = Alimente-se. O cérebro não funciona sem glicogênio, e você precisa mantê-lo em condições para pensar direito antes de ter forças para mover os músculos. Pense em maneiras de obter água e comida.

O = Oriente-se. Você tem mapa ou bússola? É hora de usá-los. Caso contrário, observe o movimento do sol e das estrelas para se localizar.

N = Navegue. Uma vez que você sabe em qual direção seguir, tente acompanhar sua evolução no mapa (caso tenha um). Noções de geografia são fundamentais nessa hora.”

Ações e Compartilhamento
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE